Instituto Faz Bem - (31) 3275-2475 | IME - (31) 3262-3555

As crianças muito pequenas não conseguem comunicar suas necessidades e vontades e por isso emitem sinais para expressar o que estão sentindo, por exemplo: sons, choro, sinais com as mãos…
Quando um bebê está saciado, por exemplo, ele larga o peito. Uma criança um pouco maior vira o rosto quando não quer comer mais, ou não abre a boca.

A partir dos seis meses, quando a criança passa a receber alimentos além do leite materno, é muito importante ter atenção e respeito aos sinais de fome e saciedade para o processo de aprendizagem da criança com relação à alimentação e para o seu pleno desenvolvimento.

Sempre responda a esses sinais de forma ativa, respeitosa e carinhosa oferecendo alimento quando a criança demonstra fome ou parando de dar quando ela demonstra saciedade. Não force uma criança a “limpar o prato”, isso pode prejudicar a sua habilidade de controlar o apetite e levar ao ganho de peso excessivo.