Instituto Faz Bem - (31) 3275-2475 | IME - (31) 3262-3555
4

✍🏻Existem determinadas idades em que o desenvolvimento cognitivo da criança está tão acelerado, que sentar para comer parece uma perda de tempo. Isso é muito comum principalmente entre um e seis anos, onde eles agem como pequenos cientistas da vida e vivem no mundo da imaginação.

🚫Parar para realizar as atividades de vida diária nessa fase muitas vezes é como frear uma locomotiva. Precisa de um aviso prévio.

✋🏻Evite ordenar que seu filho largue tudo de uma vez porque está na hora de comer. Isso pode gerar raiva, revolta, sentimento de desrespeito e colocar a criança na posição de ataque na hora de comer.

🧠Esse tipo de situação, de acordo com as neurociências, impede que a criança permita que a parte emocional do cérebro se comunique com a razão, e uma birra incontrolável e não proposital pode acontecer e tornar o momento das refeições tenso e conturbado.

🗣️Antecipe a ação. Se a criança estiver muito envolvida em uma atividade, dê a ela tempo para que ela lide com isso, e ajude-a avisando que já está quase na hora de parar para comer, ou mostre no relógio que quando o ponteiro chegar nesse número, ela deverá ir para a mesa.

⏰Prever a situação ajuda a criança a organizar seus sentimento e a se preparar emocionalmente para a atividade que está por vir.