4

👅O paladar da criança ao nascer é como uma folha em branco. Geneticamente, ela pode até apresentar preferências e tendência a preferir determinados sabores, porém as influencias do meio em que essa criança viverá, serão disparadamente mais decisivas em suas preferências.

👶🏻Ao nascer, o paladar vem puro, pronto para o que irá receber. Um bebê recém-nascido, por exemplo, acha o leite materno extremamente doce e mesmo consumindo a mesma coisa exclusivamente durante meses ele não enjoa porque ele ainda não tem com o que comparar.

🍌No período da introdução alimentar começa um verdadeira “bomba” de informações e a partir daí, os parâmetros alimentares começam a ser desenvolvidos.
A escolha dos alimentos é uma responsabilidade muito grande, e o adulto é quem vai decidir isso. Acontece que ao longo da vida, o paladar do adulto vai se modificando e se distorcendo, e é muito comum os pais considerarem suas preferências e embutirem seus conceitos nos filhos.

⁉️Sempre que for oferecer algo ao seu filho, pergunte-se: Esse alimento é saudável e necessário? Existe outra opção mais natural que essa? Qual é a forma mais saudável que existe de eu oferecer esse alimento?